"Não há nada que um dia de Bike não cure." Caia na Trilha

22.11.12

PEDALAR SEM DORES!!



Fique ligado em como tornar a relação bike/ciclista amigável e sem dores!!


Dores e formigamentos são experiências comuns para ciclistas e triatletas, especialmente quando se aumentam o volume e a intensidade dos treinos. Mas não devem fazer parte de sua rotina. Pelo contrário: devem desaparecer tão logo o atleta se adapte à nova intensidade. Caso contrário, é um sinal de que a postura sobre a bicicleta pode estar errada. Muitas vezes, porém, o ciclista insiste em conviver com essas dores, que acabam tornando-se crônicas, quando não se transformam em algo mais sério, como uma bursite ou tendinite. O mais importante é que esse tipo de erro pode ser evitado com medidas preventivas ou pequenas mudanças na sua posição sobre a bicicleta, tanto por meio de um bike fit melhor
(acerto postural específico para o usuário) como de exercícios complementares de fortalecimento e equilíbrio muscular. 


Se este é o seu caso, não adianta lamentar o tempo perdido. O negócio é agir imediatamente! É a tese do fisioterapeuta e bike fitter Fernando Rianho, que aponta para os leitores da VO2 os erros mais comuns nos três pontos de contato entre o ciclista e a bicicleta — selim, pedal e guidão —, e como superá-los, claro! Confira.


Mãos


SENSAÇÃO dor no punho
ORIGEM posicionamento inadequado dos manetes, forçando um ângulo entre a mão e o antebraço
EXPLICAÇÃO Quando o bike fit não está plenamente ajustado e o guidão encontra-se posicionado de forma incorreta, a pegada pode forçar o punho. Amplificado por um excesso de peso na parte frontal do corpo, isso causa uma dor forte na região, obrigando a uma troca constante de posição de pegada.
SOLUÇÃO Convencionalmente, a posição correta do guidão é com a parte de baixo do drop alinhada com o chão e a posição do punho neutra e suave, como um aperto de mão. Outro fator que pode contribuir para o problema é a altura da
mesa, principalmente em relação ao selim. Quanto maior a diferença entre os dois, maior a chance de ocorrer dores no punho, por uma pegada errada. O uso de boas luvas também ajuda a acabar com o desconforto — e isso não significa
excesso de acolchoado.


Selim


SENSAÇÃO formigamento no períneo
ORIGEM selim inadequado e posicionamento errado, com a ponta do “troninho” ficando com inclinação muito para cima, muito atrás no trilho ou muito alto
EXPLICAÇÃO Mesmo usando um excelente selim, o fit inadequado pode causar uma pressão exagerada sobre o períneo (a região que constitui a base do púbis, onde estão situados os órgãos genitais e o ânus) ou concentrar o apoio
em apenas um ponto, inibindo o fluxo sanguíneo.
SOLUÇÃO Um prumo e uma análise correta da mecânica de pedalada podem solucionar muito bem esse problema. Além disso, existem inúmeras alternativas de selim no mercado, boa parte delas com opções de testes temporários. Veja qual se adapta melhor ao seu “estilo”. Um bom bretelle ou
bermuda também podem ajudar.


Pedal


SENSAÇÃO formigamento dos dedos e do antepé
ORIGEM sapatilha estreita e/ou apertada e mau posicionamento dos taquinhos
EXPLICAÇÃO Alguns modelos de sapatilha têm a fôrma mais estreita e não encaixam bem em qualquer formato de pé, deixando os dedos apertados. Usar um calçado nessas condições significa cuidado, aí vem o inimigo, a dormência.
SOLUÇÃO Considere folgar um pouco a sapatilha. Depois, avalie se há necessidade de adquirir um modelo mais largo. Muitas marcas já fabricam solados sob medida e com um custo mais acessível. Fique atento à posição correta dos tacos da sapatilha. “Eles devem estar alinhados sob a cabeça dos
metatarsos”, indica Fernando Rianho.


Dicas retiradas da revista VO2 Max, edição 86, novembro de 2012




Nenhum comentário:

Local de Encontro para Saída

Obs.:Praça próximo a subida do Colégio Jesus Cristo Rei

Inspiração

Create your own banner at mybannermaker.com!

Videos sobre o Assunto!!

Loading...